Show simple item record

dc.contributor.authorFeuerwerker, Laura C. Mes_ES
dc.contributor.authorMerhy, Emerson Eliases_ES
dc.date.accessioned2015-08-25T14:56:50Z
dc.date.available2015-08-25T14:56:50Z
dc.date.issued2008es_ES
dc.identifier.citationFeuerwerker, Laura C. M,Merhy, Emerson Elias (2008) A contribuição da atenção domiciliar para a configuração de redes substitutivas de saúde: desinstitucionalização e transformação de práticas. Rev Panam Salud Publica;24(3) 180-188,sept. 2008. Retrieved from http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1020-49892008000900004&lng=pt&nrm=iso&tlng=ptpt_BR
dc.identifier.urihttp://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1020-49892008000900004&lng=pt&nrm=iso&tlng=ptes_ES
dc.identifier.urihttps://iris.paho.org/handle/10665.2/9934
dc.relation.ispartofseriesRev Panam Salud Publica;24(3),sept. 2008es_ES
dc.subjectAssistência Domiciliarpt_BR
dc.subjectAssistência à Saúdept_BR
dc.subjectBrasilpt_BR
dc.subjectHome Nursinges_ES
dc.subjectDelivery of Health Careen_US
dc.subjectBrazilen_US
dc.subjectRedes Comunitáriases_ES
dc.subjectTerapias Complementareses_ES
dc.subjectDesinstitucionalizaçãopt_BR
dc.subjectServiços de Assistência Domiciliarpt_BR
dc.subjectCondutas na Prática dos Médicoses_ES
dc.subjectSíndrome de Imunodeficiência Adquiridaes_ES
dc.subjectBrasilpt_BR
dc.subjectCuidados Paliativoses_ES
dc.titleA contribuição da atenção domiciliar para a configuração de redes substitutivas de saúde: desinstitucionalização e transformação de práticaspt_BR
dc.title.alternativeHome care's contribution to alternative health care networks: deinstitutionalization and transformation of practicesen_US
dc.typeJournal articlesen_US
dc.rights.holderPan American Health Organizationen_US
dc.description.notesOBJETIVO: Identificar o estado da arte da atenção domiciliar no âmbito do sistema público de saúde no Brasil, analisar o seu potencial de inovação no sentido da integralidade e da humanização da atenção e indicar pistas para a sua ampliação. MÉTODOS: Sete experiências de cuidado domiciliar em cinco municípios brasileiros foram analisadas por meio de estudos de caso, com base em entrevistas com os cinco gestores municipais e os sete coordenadores dos serviços, com todos os componentes das equipes de atenção domiciliar e com os usuários e os familiares dos 27 casos selecionados. Todas as entrevistas foram gravadas e depois transcritas. Foram ainda analisados documentos produzidos pelos serviços (proposta política, relatórios de gestão, relatórios de avaliação, rotinas e protocolos de atenção), observados atendimentos (ao menos um de cada uma das equipes em todos os sete serviços) e analisados os casos traçadores. RESULTADOS: Foram identificados os seguintes tipos de atendimento domiciliar: cuidado paliativo, cuidado a pacientes com AIDS, cuidado a portadores de feridas e lesões de pele, acompanhamento de bebês prematuros, acompanhamento de acamados crônicos, antibioticoterapia endovenosa como complementação do tratamento para infecções agudas. São aspectos a destacar: a qualidade e a humanização da atenção, o trabalho em equipe, o desenvolvimento de vínculo e a responsabilização por parte dos trabalhadores e a participação efetiva dos cuidadores e das famílias na produção dos projetos terapêuticos. CONCLUSÃO: As iniciativas examinadas mostraram que a atenção domiciliar é possível até em ambientes economicamente precários e que pode contribuir efetivamente para a produção de integralidade e de continuidade do cuidado, devendo ser ampliada no âmbito do sistema público de saúde.(AU)pt_BR
dc.description.notesOBJECTIVE: To identify state-of-the-art home care within Brazil's public health system, evaluate its potential for improving the comprehensiveness and humanization of care, and identify areas for expanding this care modality. METHODS: Seven home care initiatives were examined and cases were analyzed through interviews with five municipal services managers, seven service coordinators, all home-care team members, and with the service recipients, as well as the family members of the 27 cases selected. All of the interviews were recorded and transcribed. We also analyzed documents created by the home care services (policy manuals, management reports, evaluation reports, and care protocols), observed each team providing care (at least once for each of the seven service types), and analyzed the selected cases. RESULTS: The following types of home care were identified: palliative, AIDS, skin lesions/wounds, premature infant, bedridden patient, and supplemental intravenous antibiotic therapy for acute infection. The following positive aspects should be highlighted: the quality and humanization of care, team work, the bond developed with patients and family, the sense of responsibility taken on by the health workers, and the effective participation of caretakers and families in carrying out therapy plans. CONCLUSION: The initiatives examined show that home care is possible even in economically disadvantaged environments and that it may effectively contribute to providing integrated and continued care. Home care should be expanded in the context of the public health system.(AU)en_US


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record