Show simple item record

dc.contributor.authorPeres, Maria Fernanda Tourinhoes_ES
dc.contributor.authorVicentin, Diegoes_ES
dc.contributor.authorNery, Marcelo Batistaes_ES
dc.contributor.authorLima, Renato Sérgio dees_ES
dc.contributor.authorSouza, Edinilsa Ramos dees_ES
dc.contributor.authorCerda, Magdalenaes_ES
dc.contributor.authorCardia, Nancyes_ES
dc.contributor.authorAdorno, Sérgioes_ES
dc.date.accessioned2015-08-25T14:56:01Z
dc.date.available2015-08-25T14:56:01Z
dc.date.issued2011es_ES
dc.identifier.citationPeres, Maria Fernanda Tourinho,Vicentin, Diego,Nery, Marcelo Batista,Lima, Renato Sérgio de,Souza, Edinilsa Ramos de,Cerda, Magdalena,Cardia, Nancy,Adorno, Sérgio (2011) Queda dos homicídios em São Paulo, Brasil: uma análise descritiva. Rev Panam Salud Publica;29(1) 17-26,jan. 2011. Retrieved from http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1020-49892011000100003es_ES
dc.identifier.urihttp://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1020-49892011000100003es_ES
dc.identifier.urihttps://iris.paho.org/handle/10665.2/9594
dc.format.extentgrafes_ES
dc.format.extenttabes_ES
dc.relation.ispartofseriesRev Panam Salud Publica;29(1),jan. 2011es_ES
dc.subjectHomicídioes_ES
dc.subjectMortalidadees_ES
dc.subjectEstudos de Séries Temporaispt_BR
dc.subjectBrasilpt_BR
dc.subjectHomicidees_ES
dc.subjectMortalityes_ES
dc.subjectTimes series studieses_ES
dc.subjectBrasilpt_BR
dc.subjectHomicídioes_ES
dc.subjectPopulação Urbanapt_BR
dc.subjectBrasilpt_BR
dc.subjectGrupos de Populações Continentaispt_BR
dc.subjectCarência Culturales_ES
dc.subjectGrupos Étnicoses_ES
dc.subjectArmas de Fogoes_ES
dc.subjectHomicídioes_ES
dc.subjectÁreas de Pobrezaes_ES
dc.subjectCarência Psicossociales_ES
dc.subjectEstudos Retrospectivospt_BR
dc.subjectRiscoes_ES
dc.subjectFatores Socioeconômicospt_BR
dc.subjectArmases_ES
dc.titleQueda dos homicídios em São Paulo, Brasil: uma análise descritivaes_ES
dc.typeJournal articlesen_US
dc.rights.holderPan American Health Organizationen_US
dc.description.notesOBJETIVO: Descrever a evolução da mortalidade por homicídios no Município de São Paulo segundo tipo de arma, sexo, raça ou cor, idade e áreas de exclusão/inclusão social entre 1996 e 2008. MÉTODOS: Estudo ecológico de série temporal. Os dados sobre óbitos ocorridos no Município foram coletados da base de dados do Programa de Aprimoramento das Informações sobre Mortalidade, seguindo a Classificação Internacional de Doenças, Décima Revisão (CID-10). Foram calculadas as taxas de mortalidade por homicídio (TMH) para a população total, por sexo, raça ou cor, faixa etária, tipo de arma e área de exclusão/inclusão social. As TMH foram padronizadas por idade pelo método direto. Foram calculados os percentuais de variação no período estudado. Para as áreas de exclusão/inclusão social foram calculados os riscos relativos de morte por homicídio. RESULTADOS: As TMH apresentaram queda de 73,7 por cento entre 2001 e 2008. Foi observada redução da TMH em todos os grupos analisados, mais pronunciada em homens (-74,5 por cento), jovens de 15 a 24 anos (-78,0 por cento) e moradores de áreas de exclusão social extrema (-79,3 por cento). A redução ocorreu, sobretudo, nos homicídios cometidos com armas de fogo (-74,1 por cento). O risco relativo de morte por homicídio nas áreas de exclusão extrema (tendo como referência áreas com algum grau de exclusão social) foi de 2,77 em 1996, 3,9 em 2001 e 2,13 em 2008. Nas áreas de alta exclusão social, o risco relativo foi de 2,07 em 1996 e 1,96 em 2008. CONCLUSÕES: Para compreender a redução dos homicídios no Município, é importante considerar macrodeterminantes que atingem todo o Município e todos os subgrupos populacionais e microdeterminantes que atuam localmente, influenciando de forma diferenciada os homicídios com armas de fogo e os homicídios na população jovem, no sexo masculino e em residentes em áreas de alta exclusão social.(AU)pt_BR
dc.description.notesOBJECTIVE: To describe homicide mortality in the municipality of São Paulo according to type of weapon, sex, race or skin color, age, and areas of socioeconomic inequalities, between 1996 and 2008. METHOD: For this ecological time-series study, data about deaths in the municipality of São Paulo were collected from the municipal program for improvement of mortality information, using International Classification of Diseases, 10th revision (ICD-10) codes. Homicide mortality rates (HMR) were calculated for the overall population and specifically for each sex, race or skin color, age range, type of weapon, and occurrence in social deprivation/affluence areas. HMR were adjusted for age using the direct method. The percentage age of variation in HMR was calculated for the study period. For areas of socioeconomic inequalities, the relative risk of death from homicide was calculated. RESULTS: HMR fell 73.7 percent between 2001 and 2008. A reduction in HMR was observed in all groups, especially males (-74.5 percent), young men between 15 and 24 years of age (-78.0 percent), and residents in areas of extreme socioeconomic deprivation (-79.3 percent). The reduction occurred mostly in firearm homicide rates (-74.1 percent). The relative risk of death from homicide in areas of extreme socioeconomic deprivation, as compared to areas with some degree of socioeconomic deprivation, was 2.77 in 1996, 3.9 in 2001, and 2.13 in 2008. In areas of high socioeconomic deprivation, the relative risk was 2.07 in 1996 and 1.96 in 2008. CONCLUSIONS: To understand the reduction in homicide rates in the municipality of São Paulo, it is important to take into consideration macrodeterminants that affect the entire municipality and all population subgroups, as well as micro/local determinants that have special impact on homicides committed with firearms and on subgroups such as the young, males, and residents of areas of high socioeconomic deprivation.(AU)en_US


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record