Show simple item record

dc.contributor.authorSilva, Mariá Gonçalves Pereira daes_ES
dc.contributor.authorAlmeida, Rosimary Terezinha dees_ES
dc.contributor.authorBastos, Ediane Assises_ES
dc.contributor.authorNobre, Flávio Fonsecaes_ES
dc.date.accessioned2015-08-25T14:54:55Z
dc.date.available2015-08-25T14:54:55Z
dc.date.issued2013es_ES
dc.identifier.citationSilva, Mariá Gonçalves Pereira da,Almeida, Rosimary Terezinha de,Bastos, Ediane Assis,Nobre, Flávio Fonseca (2013) Determinantes da detecção de atipias celulares no programa de rastreamento do câncer do colo do útero no Rio de Janeiro, Brasil. Rev Panam Salud Publica;34(2) 107-113,ago. 2013. Retrieved from http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1020-49892013000800005pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1020-49892013000800005es_ES
dc.identifier.urihttps://iris.paho.org/handle/10665.2/9145
dc.format.extentiluses_ES
dc.format.extentgrafes_ES
dc.format.extenttabes_ES
dc.relation.ispartofseriesRev Panam Salud Publica;34(2),ago. 2013es_ES
dc.subjectNeoplasias do colo do úteropt_BR
dc.subjectDisplasia do Colo do Úteropt_BR
dc.subjectProgramas de Rastreamentoes_ES
dc.subjectAnálise de Regressãopt_BR
dc.subjectBrasilpt_BR
dc.subjectUterine cervical neoplasmses_ES
dc.subjectUterine cervical dysplasiaes_ES
dc.subjectMass Screeninges_ES
dc.subjectRegression analysises_ES
dc.subjectBrazilen_US
dc.subjectColo do Úteropt_BR
dc.subjectDetecção Precoce de Câncerpt_BR
dc.subjectProgramas de Rastreamentoes_ES
dc.subjectDisplasia do Colo do Úteropt_BR
dc.subjectNeoplasias do Colo do Úteropt_BR
dc.subjectEsfregaço Vaginales_ES
dc.subjectFatores Etárioses_ES
dc.subjectBrasilpt_BR
dc.subjectColo do Úteropt_BR
dc.subjectLaboratóriospt_BR
dc.subjectModelos Logísticoses_ES
dc.subjectMetaplasiaes_ES
dc.subjectModelos Teóricoses_ES
dc.subjectCurva ROCes_ES
dc.subjectSensibilidade e Especificidadept_BR
dc.subjectDoenças Sexualmente Transmissíveispt_BR
dc.subjectDoenças Sexualmente Transmissíveispt_BR
dc.subjectManejo de Espécimeses_ES
dc.subjectPopulação Urbanapt_BR
dc.subjectDisplasia do Colo do Úteropt_BR
dc.subjectNeoplasias do Colo do Úteropt_BR
dc.subjectNeoplasias do Colo do Úteropt_BR
dc.subjectVaginaes_ES
dc.titleDeterminantes da detecção de atipias celulares no programa de rastreamento do câncer do colo do útero no Rio de Janeiro, Brasilpt_BR
dc.typeJournal articlesen_US
dc.rights.holderPan American Health Organizationen_US
dc.description.notesOBJETIVO: Identificar os principais determinantes da detecção de atipias celulares no programa de rastreamento do câncer do colo do útero no Estado do Rio de Janeiro, utilizando os dados do Sistema de Informação do Câncer do Colo do Útero (SISCOLO). MÉTODOS: Uma amostra aleatória de 65 535 exames citopatológicos realizados em 2007 foi obtida do SISCOLO. Essa amostra foi utilizada para construir um modelo de regressão logística que identificasse variáveis com impacto no processo de detecção de atipias celulares. Foi aplicada uma curva ROC para definir o ponto de corte mais adequado para classificar a presença ou a ausência de atipias. Uma análise de sensibilidade foi realizada para avaliar o impacto dos fatores relacionados à organização do serviço no modelo. RESULTADOS: As variáveis preditoras do modelo foram: "laboratório de referência", que reflete a escala de produção do laboratório; "presença de elementos celulares representativos da zona de transformação", que reflete a qualidade da coleta de amostras; "metaplasia escamosa imatura", "presença de outras alterações celulares benignas" e "ausência de microrganismos da microbiota vaginal". A cada acréscimo de 1 ano na idade da mulher, houve redução de 1,7% na chance de detecção de atipias. A curva ROC definiu o ponto de corte de 4,5%, que permitiu a maximização da sensibilidade (73,0%) e especificidade (66,8%) do modelo. A análise de sensibilidade indicou aumento da frequência de atipias de 46,4% quando simulou-se aumento na participação do laboratório de referência (42,9%) e na presença de elementos celulares representativos da zona de transformação (43,0%). CONCLUSÕES: O modelo revelou que a detecção de atipias celulares é fortemente influenciado por fatores organizacionais, como adequabilidade da lâmina e porte do laboratório de análise. Considerando que esses fatores são passíveis de alteração pelos gestores, o modelo pode ser uma importante ferramenta na melhoria dos programas de rastreamento.(AU)pt_BR
dc.description.notesOBJECTIVE: To identify the main determinants of cellular atypia detection in the cervical screening program in the state of Rio de Janeiro, Brazil, using data from the Cervical Cancer Information System SISCOLO. METHODS: A random sample of 65 535 Pap smears performed in 2007 was obtained from SISCOLO. This sample was used to produce a logistic regression model to identify variables that impact the process of detecting cellular atypia. A ROC curve was used to define the most suitable cutoff point to classify the presence or absence of atypia. A sensitivity analysis was performed to assess the impact on the model of factors related to the organization of the service model. RESULTS: The variables of impact were "reference laboratory," which reflects laboratory production scale; "presence of cellular elements representative of the transformation zone," which reflects the quality of the sampling; "immature squamous metaplasia," "presence of other benign cellular changes," and "absence of typical vaginal microorganisms." Each increase of 1 year in age was associated with a 1.7% reduction in the chance of detecting atypia. The ROC curve defined a cutoff of 4.5%, which allowed the maximization of the model's sensitivity (73.0%) and specificity (66.8%). Sensitivity analysis indicated an increase of 46.4% in the frequency of atypia following a simulated increase in the number of samples analyzed in the excellence (42.9%) and in the presence of cellular elements representative of the transformation zone (43.0%). CONCLUSIONS: The model revealed that the detection of atypical cells is strongly influenced by organizational factors such as adequate sample collection and laboratory size. Because these factors can be changed by adequate management practices, the proposed model may be an important tool to improve cervical screening programs.(AU)en_US


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record