Show simple item record

dc.contributor.authorLima, Carlos Tadeu da Silvaes_ES
dc.contributor.authorCarvalho, Fernando Martinses_ES
dc.contributor.authorQuadros, Cláudio de Almeidaes_ES
dc.contributor.authorGonçalves, Henrique Ribeiroes_ES
dc.contributor.authorSilva Junior, José Américo Seixases_ES
dc.contributor.authorPeres, Maria Fernanda Tourinhoes_ES
dc.contributor.authorBonfim, Mirian Santoses_ES
dc.date.accessioned2015-08-25T14:54:25Z
dc.date.available2015-08-25T14:54:25Z
dc.date.issued1999es_ES
dc.identifier.citationLima, Carlos Tadeu da Silva,Carvalho, Fernando Martins,Quadros, Cláudio de Almeida,Gonçalves, Henrique Ribeiro,Silva Junior, José Américo Seixas,Peres, Maria Fernanda Tourinho,Bonfim, Mirian Santos (1999) Hipertensao arterial e alcoolismo em trabalhadores de uma refinaria de petróleo. Rev Panam Salud Publica;6(3) -,sept. 1999. Retrieved from http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1020-49891999000800006&lng=pt&nrm=isopt_BR
dc.identifier.urihttp://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1020-49891999000800006&lng=pt&nrm=isoes_ES
dc.identifier.urihttps://iris.paho.org/handle/10665.2/8901
dc.format.extenttabes_ES
dc.relation.ispartofseriesRev Panam Salud Publica;6(3),sept. 1999es_ES
dc.subjectHipertensãopt_BR
dc.subjectAlcoolismoes_ES
dc.subjectTrabalhadoreses_ES
dc.subjectIndústria Petroquímicaes_ES
dc.subjectBrasilpt_BR
dc.titleHipertensao arterial e alcoolismo em trabalhadores de uma refinaria de petróleopt_BR
dc.title.alternativeArterial hypertension and alcoholism among workers in an oil refineryen_US
dc.typeJournal articlesen_US
dc.rights.holderPan American Health Organizationen_US
dc.description.notesO papel desempenhado pelo padrao de ingesta alcoólica sobre a incidência de hipertensao arterial ainda nao está totalmente esclarecido; além disso, sao raros os estudos realizados em populaçoes de trabalhadores. Assim, o objetivo do presente trabalho foi avaliar a associaçao entre alcoolismo e hipertensao arterial entre trabalhadores de uma refinaria de petróleo em Mataripe, Estado da Bahia, Brasil, de 1986 a 1993. O estudo foi de coorte retrospectiva, com 7 anos de seguimento, em uma amostra estratificada sistemática de 335 trabalhadores da refinaria. O diagnóstico de hipertensao arterial foi feito com base nas medidas da pressao arterial obtidas nos exames médicos periódicos. A partir dos resultados do teste CAGE, aplicado ao início do período de observaçao, estabeleceram-se três grupos de indivíduos: nao-bebedores (n=121), CAGE-negativos (n=116), e CAGE-positivos (n=98). O grupo CAGE-positivo apresentou maior risco relativo e atribuível de desenvolver hipertensao arterial do que o grupo CAGE-negativo (RR=2,58; RA=24,95 por cento pessoas-ano)e que o grupo nao bebedor (RR=2,06; RA=20,97 por cento pessoas-ano). As fraçoes atribuíveis foram 61 por cento e 51 por cento, respectivamente, para as mesmas comparaçoes. A padronizaçao de taxas pela idade e hábito de fumar nao modificaram substancialmente estes resultados. O alcoolismo é um importante fator de risco para o desenvolvimento de hipertensao arterialpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record