Show simple item record

dc.contributor.authorSilva, Luciana Saraiva daes_ES
dc.contributor.authorCotta, Rosângela Minardi Mitrees_ES
dc.contributor.authorRosa, Carla de Oliveira Barbosaes_ES
dc.date.accessioned2015-08-25T14:54:18Z
dc.date.available2015-08-25T14:54:18Z
dc.date.issued2013es_ES
dc.identifier.citationSilva, Luciana Saraiva da,Cotta, Rosângela Minardi Mitre,Rosa, Carla de Oliveira Barbosa (2013) Estratégias de promoção da saúde e prevenção primária para enfrentamento das doenças crônicas: revisão sistemática. Rev Panam Salud Publica;34(5) 343-350,nov. 2013. Retrieved from http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1020-49892013001100007pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1020-49892013001100007es_ES
dc.identifier.urihttps://iris.paho.org/handle/10665.2/8844
dc.format.extentgrafes_ES
dc.format.extenttabes_ES
dc.relation.ispartofseriesRev Panam Salud Publica;34(5),Nov. 2013es_ES
dc.subjectDoença Crônicapt_BR
dc.subjectServiços de saúde comunitáriapt_BR
dc.subjectAtenção Primária à Saúdept_BR
dc.subjectPromoção da Saúdept_BR
dc.subjectPrevenção Primáriapt_BR
dc.subjectPolítica de Saúdept_BR
dc.subjectChronic Diseasees_ES
dc.subjectCommunity health serviceses_ES
dc.subjectPrimary Health Careen_US
dc.subjectHealth Promotionen_US
dc.subjectPrimary Preventiones_ES
dc.subjectHealth Policyen_US
dc.subjectDoenças Crônicaspt_BR
dc.subjectPromoção da Saúdept_BR
dc.subjectPrevenção Primáriapt_BR
dc.subjectBrasilpt_BR
dc.subjectServiços de Saúde Comunitáriapt_BR
dc.subjectSaúde Mundialpt_BR
dc.subjectEducação em Saúdept_BR
dc.subjectPolítica de Saúdept_BR
dc.subjectIndicadores Básicos de Saúdept_BR
dc.subjectAtenção Primária à Saúdept_BR
dc.subjectFatores de Riscopt_BR
dc.subjectComportamento de Redução do Riscopt_BR
dc.titleEstratégias de promoção da saúde e prevenção primária para enfrentamento das doenças crônicas: revisão sistemáticapt_BR
dc.typeJournal articlesen_US
dc.rights.holderPan American Health Organizationen_US
dc.description.notesOBJETIVO: Analisar as estratégias de promoção da saúde e prevenção primária no combate às doenças crônicas não transmissíveis (DCNT) no âmbito mundial e refletir sobre os desafios relacionados ao enfrentamento dessas enfermidades. MÉTODOS: Nesta revisão sistemática da literatura, foram revisados estudos acerca dos projetos indicados pelo Ministério da Saúde do Brasil como principais programas de intervenção de base comunitária: North Karelia Project, na Finlândia; Stanford Three-Community Study, Stanford Five-City Project, Minnesota Heart Health e Pawtucket Heart Health Program, nos Estados Unidos; CINDI, na Europa e Canadá; CARMEN na América Latina; Mirame, no Chile; e Tianjin, na China. Realizou-se consulta às bases de dados LILACS, Medline e SciELO e aos portais do Ministério da Saúde, Organização Pan-Americana da Saúde e Organização Mundial da Saúde. Foram incluídos os artigos originais baseados em dados primários. Como desfecho, avaliaram-se, nos estudos selecionados, colesterol, pressão arterial, obesidade, grau de atividade física, consumo de tabaco, hábitos alimentares e outros fatores de risco para DCNT. RESULTADOS: Foram selecionados 17 estudos. Os projetos North Karelia, Three Community Study e Five-City Multifactor Risk Reduction contribuíram para reduzir tabagismo, colesterol e pressão arterial. O Minnesota Heart Health Program e o Pawtucket Heart Health Program apresentaram efeitos modestos na redução dos fatores de risco para DCNT. Os programas CINDI e CARMEN demonstraram a importância das ações integradas para redução dos principais fatores de risco. O programa Mirame, que enfocou a intervenção educacional na população escolar, atingiu 30 000 escolares em 2001, com utilização de poucos recursos financeiros. O Projeto Tianjin alcançou redução no consumo de sal e na prevalência de hipertensão arterial e obesidade através da reorganização dos serviços de atenção primária à saúde. CONCLUSÕES: Essas experiências comunitárias bem sucedidas são importantes para estabelecer propostas para a implementação de políticas atuais mais efetivas, com o objetivo de desenvolver ações que integrem a promoção da saúde e a prevenção primária dos principais fatores de risco no combate às DCNT.(AU)pt_BR
dc.description.notesOBJECTIVE: To analyze health promotion and primary prevention strategies in the global fight against chronic noncommunicable diseases (NCDs) and to reflect on the challenges of overcoming these diseases. METHODS: In this systematic literature review, studies were analyzed on health programs identified by the Brazilian Health Ministry as the main global community intervention initiatives: the North Karelia Project, in Finland; the Stanford Three-Community Study, Stanford Five-City Project, Minnesota Heart Health and Pawtucket Heart Health Program, in the United States; the CINDI project, in Europe and Canada; CARMEN in South America; Mirame, in Chile; and Tianjin, in China. The LILACS, Medline, and SciELO databases were searched, as well as the Brazilian Health Ministry, Pan American Health Organization, and World Health Organization websites. Only original articles analyzing primary data were included. The outcomes evaluated in the studies were cholesterol, blood pressure, obesity, physical activity level, tobacco use, dietary habits, and other risk factors for NCDs. RESULTS: Seventeen studies were selected. The North Karelia Project, Three Community Study, and Five-City Multifactor Risk Reduction Project contributed to decrease tobacco use, cholesterol levels, and blood pressure levels. The Minnesota Heart Health Program and the Pawtucket Heart Health Program had moderate success in reducing the risk factors for NCD. The CINDI and CARMEN programs demonstrated the importance of integrated actions for decreasing the main risk factors. The Mirame project, which focused on educational interventions for school children, reached 30 000 students in 2001 without requiring a large financial investment. The Tianjin project was able to reduce salt intake, prevalence of arterial hypertension, and obesity by restructuring primary health care services. CONCLUSIONS: These successful experiences in community health improvement may serve as models for the implementation of more effective health policies, aiming at the development of actions that integrate health promotion and primary prevention of the main risk factors for NCDs.(AU)en_US


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record