Show simple item record

dc.contributor.authorLessa, Ineses_ES
dc.contributor.authorAraújo, Maria Jennyes_ES
dc.contributor.authorMagalhães, Lucéliaes_ES
dc.contributor.authorAlmeida Filho, Naomar dees_ES
dc.contributor.authorAquino, Estelaes_ES
dc.contributor.authorCosta, Maria Cecília Res_ES
dc.date.accessioned2015-08-25T14:52:56Z
dc.date.available2015-08-25T14:52:56Z
dc.date.issued2004es_ES
dc.identifier.citationLessa, Ines,Araújo, Maria Jenny,Magalhães, Lucélia,Almeida Filho, Naomar de,Aquino, Estela,Costa, Maria Cecília R (2004) Simultaneidade de fatores de risco cardiovascular modificáveis na população adulta de Salvador (BA), Brasil. Rev Panam Salud Publica;16(2) 131-137,ago. 2004. Retrieved from http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1020-49892004000800009pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1020-49892004000800009es_ES
dc.identifier.urihttps://iris.paho.org/handle/10665.2/8200
dc.format.extenttabes_ES
dc.format.extentgrafes_ES
dc.relation.ispartofseriesRev Panam Salud Publica;16(2),ago. 2004es_ES
dc.subjectDoenças Cardiovascularespt_BR
dc.subjectFatores de Riscopt_BR
dc.subjectAdultoes_ES
dc.subjectBrasilpt_BR
dc.titleSimultaneidade de fatores de risco cardiovascular modificáveis na população adulta de Salvador (BA), Brasilpt_BR
dc.title.alternativeClustering of modifiable cardiovascular risk factors in adults living in Salvador (BA), Braziles_ES
dc.typeJournal articlesen_US
dc.rights.holderPan American Health Organizationen_US
dc.description.notesOBJETIVO: Estimar a freqüência da simultaneidade de fatores de risco cardiovascular modificáveis, com e sem inclusão da hipertensão arterial, em uma população miscigenada. MÉTODO: Estudo transversal realizado em 1 298 adultos com idade 20 anos na Cidade de Salvador, Brasil, em 2000. Foram incluídos oito fatores de risco cardiovascular modificáveis, considerados em qualquer combinação: colesterol total 240 mg/dL; colesterol das lipoproteínas de alta densidade (HDL-c) 200 mg/dL; glicemia 126 mg/dL + diabetes controlado; índice de massa corporal 25 kg/m², cintura 102 cm (homens) e 88 cm (mulheres), tabagismo e alcoolismo. Os resultados foram estratificados de acordo com o número de fatores de risco simultâneos (de zero a cinco ou mais; e dois ou mais). Os dados foram analisados em termos de proporções estimadas e intervalo de confiança de 95 por cento (IC95 por cento), com e sem inclusão da hipertensão arterial (critério JNC-VI), razões entre proporções e qui-quadrado para proporções como medida de associação. RESULTADOS: Entre os homens (41,4 por cento dos participantes), 7,5 por cento (IC95 por cento: 2,5 a 9,7) não apresentaram fatores de risco; 68,8 por cento (IC95 por cento: 65,0 a 72,8) apresentaram dois ou mais fatores de risco, excluída a hipertensão. Quando a hipertensão foi incluída, 73,4 por cento (IC95 por cento: 69,7 a 77,1) apresentaram dois ou mais fatores de risco. Entre as mulheres, 11,6 por cento não apresentaram fatores de risco. A presença de dois ou mais fatores de risco, excluída a hipertensão, foi observada em 67,7 por cento (IC95 por cento: 64,8 a 71,4). Após inclusão da hipertensão, 71,7 por cento (IC95 por cento: 68,5 a 74,9) das mulheres apresentaram dois ou mais fatores de risco. Foram observadas diferenças significativas entre presença de dois ou mais fatores de risco para homens com até 4 anos de estudo versus homens com 5 a menos de 11 anos de estudo (P 0,05); mulheres com até 4 anos de estudo versus 5 a menos de 11 anos de estudo; mulheres com até 4 anos de estudo versus 11 ou mais anos de estudo (P 0,01); e para mulheres negras versus brancas (P 0,01). CONCLUSAO: A elevada proporção de múltiplos fatores de risco cardiovascular em Salvador, incluindo-se ou não a hipertensão, especialmente na população de baixa escolaridade e em pessoas negras, sugere a necessidade de estratégias sociais abrangentes para reduzir as desigualdades sociais, promover a saúde, e facilitar o... (AU)pt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record