Show simple item record

dc.contributor.authorAntunes, José Leopoldo Ferreiraes_ES
dc.contributor.authorToporcov, Tatiana Natashaes_ES
dc.contributor.authorWünsch-Filho, Victores_ES
dc.date.accessioned2015-08-25T14:52:11Z
dc.date.available2015-08-25T14:52:11Z
dc.date.issued2007es_ES
dc.identifier.citationAntunes, José Leopoldo Ferreira,Toporcov, Tatiana Natasha,Wünsch-Filho, Victor (2007) Resolutividade da campanha de prevenção e diagnóstico precoce do câncer bucal em São Paulo, Brasil. Rev Panam Salud Publica;21(1) 30-36,ene. 2007. Retrieved from http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1020-49892007000100004&lng=pt&nrm=iso&tlng=ptpt_BR
dc.identifier.urihttp://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1020-49892007000100004&lng=pt&nrm=iso&tlng=ptes_ES
dc.identifier.urihttps://iris.paho.org/handle/10665.2/7895
dc.format.extenttabes_ES
dc.relation.ispartofseriesRev Panam Salud Publica;21(1),ene. 2007es_ES
dc.subjectNeoplasias Bucaises_ES
dc.subjectNeoplasias Bucaises_ES
dc.subjectAvaliação de Programas e Projetos de Saúdept_BR
dc.subjectBrasilpt_BR
dc.subjectDiagnóstico Precocees_ES
dc.subjectPopulação Urbanapt_BR
dc.titleResolutividade da campanha de prevenção e diagnóstico precoce do câncer bucal em São Paulo, Brasilpt_BR
dc.title.alternativeThe effectiveness of the oral cancer prevention and early diagnosis program in São Paulo, Brazilen_US
dc.typeJournal articlesen_US
dc.rights.holderPan American Health Organizationen_US
dc.description.notesOBJETIVO: Avaliar os resultados da campanha de prevenção e diagnóstico precoce do câncer bucal realizada no contexto da campanha de vacinação contra a gripe em idosos no Estado de São Paulo em 2004. MÉTODOS: A partir dos relatórios do Centro Técnico de Saúde Bucal da Secretaria de Estado da Saúde, foram levantados dados sobre o seguimento de pacientes encaminhados para elucidação diagnóstica de lesões de tecido mole da boca após diagnóstico visual. Foram avaliados indicadores de resolutividade da campanha (número de pessoas cujo problema foi resolvido no nível básico de atenção à saúde ou em serviços de referência; e pessoas com diagnóstico confirmado de câncer bucal) e de falta de resolutividade (não comparecimento dos encaminhados na unidade de referência; incapacidade do nível básico de atenção à saúde de resolver o problema e não identificação de serviços de referência com capacidade para resolver o problema; e pessoas sem informação quanto ao seguimento). RESULTADOS: Em 2004, foram examinadas 238 087 pessoas de 60 anos ou mais, correspondendo a 6,8 por cento da população do Estado nessa faixa etária (3 494 555 habitantes). A campanha foi realizada em 23 das 24 direções regionais de saúde, porém apenas oito regiões registraram informações sobre seguimento. Das 5 280 pessoas encaminhadas para elucidação diagnóstica de lesões em tecidos moles da boca nessas oito regiões, 60,5 por cento tiveram o seu problema resolvido e 0,5 por cento (26 casos) tiveram diagnóstico confirmado de câncer bucal; 22,5 por cento não completaram o diagnóstico. Para 16,5 por cento dos encaminhamentos, não houve informação disponível quanto ao seguimento e desfechos. CONCLUSÕES: Considerando-se a falta de monitoramento dos resultados na maior parte do Estado e a elevada proporção de pacientes cujo problema de lesão em tecido mole da boca não pôde ser resolvido, a campanha mostrou-se ineficaz. É preciso avaliar a conveniência de realizar a campanha nos próximos anos.(AU)pt_BR
dc.description.notesOBJECTIVE: To evaluate the results of the 2004 oral cancer prevention and early diagnosis program carried out in conjunction with the annual flu vaccination campaign for the elderly in the state of São Paulo, Brazil. METHODS: Data concerning the follow-up of patients referred for diagnostic investigation of soft tissue lesions identified on visual inspection were collected from the reports issued by the State Health Department/Oral Health Technical Center. The following two characteristics were evaluated as indicators of the program's effectiveness: (1) the number of people whose problem was resolved at the primary care level or in referral services and (2) the number of persons with a confirmed diagnosis of oral cancer. The following indicators were used to assess program ineffectiveness: (1) patients not appearing at the referral unit, (2) inability of the primary care services to resolve the problem, and (3) the absence of follow-up information on patients. RESULTS: In 2004, 238 087 people = 60 years old were examined, corresponding to 6.8 percent of the state population in this age group (3 494 555 people). The program was carried out in 23 of the state's 24 health regions. However, only 8 of the regions recorded follow-up information. Of the 5 280 people in the 8 regions who were referred for diagnostic investigation of soft tissue lesions, 60.5 percent had their problem resolved, 0.5 percent (26 cases) had a confirmed diagnosis of oral cancer, and 22.5 percent did not have the diagnostic investigation completed. For 16.5 percent of the cases referred for further study, there was no information available concerning follow-up and outcomes. CONCLUSIONS: The oral cancer prevention and early diagnosis program was ineffective, given the lack of monitoring of results in most parts of the state of São Paulo, and the high proportion of patients whose soft tissue lesion was not resolved. The usefulness of continuing the program in future...(AU)en_US


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record