Show simple item record

dc.date.accessioned2023
dc.date.available2023
dc.date.issued2023
dc.identifier.citationOrganização Pan-Americana da Saúde, Ministério da Saúde e Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Avaliação do projeto de cooperação técnica nº 64. Fortalecimento das Ações de Vigilância Sanitária e do Sistema Único de Saúde. Brasília, D.F.; 2023.en_US
dc.identifier.govdocOPAS/BRA/MS/ANVISA/23-0007
dc.identifier.urihttps://iris.paho.org/handle/10665.2/57765
dc.description.abstractA presente análise avalia os efeitos da cooperação técnica entre a Organização Pan Americana da Saúde e o Ministério da Saúde/Agência Nacional de Vigilância Sanitária – OPAS e MS/Anvisa – no âmbito do 64º Termo de Cooperação – TC 64 com o objetivo de viabilizar o fortalecimento das ações de vigilância sanitária no âmbito do Sistema Nacional de Vigilância Sanitária e do Sistema Único de Saúde – SUS. A referida cooperação dá continuidade a um trabalho realizado entre 2005 e 2010 com o 37º Termo de Cooperação e Assistência Técnica – TC 37, que teve por finalidade maior facilitar a implementação das ações de reorganização do Sistema Nacional de Vigilância Sanitária – SNVS. A avaliação sistemática e contínua é uma ferramenta poderosa para aumentar a eficiência e efetividade dos recursos aplicados possibilitando também a prestação de contas dos resultados aos órgãos de interesse e à sociedade. Os resultados aqui apresentados em dois grandes momentos da cooperação. O primeiro momento teve por finalidade contribuir para o aperfeiçoamento das capacidades institucionais das autoridades sanitárias da Região das Américas e no cumprimento de suas funções de apoio à proteção e promoção da saúde da população por meio de aplicação do Risco Sanitário Internacional 2005 em pontos de entrada, acesso a medicamentos, alimentos e produtos para saúde com maior qualidade, segurança e eficácia, sendo priorizados 9 macro eixos de ação: Uso Racional de Medicamentos; Farmacovigilância; Regulação Econômica e Avaliação Econômica de Medicamentos e Avaliação de Tecnologias em Saúde; Farmacopeia; Segurança do Paciente; Segurança dos Alimentos; Regulamento Sanitário Internacional; Controle do Tabaco e o fortalecimento institucional, intercâmbio de informações e experiências e a participação em fóruns internacionais com autoridades e agências reguladoras sanitárias, organismos internacionais identificados como estratégicos para a Anvisa e para a OPAS/OMS. O segundo momento, com a revisão da matriz lógica onde passou-se a trabalhar com todo o escopo da agência reguladora a fim de ampliar as possibilidades de cooperação.en_US
dc.language.isopten_US
dc.publisherOPASen_US
dc.rightsAttribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 IGO*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/3.0/igo/*
dc.subjectVigilância Sanitáriaen_US
dc.subjectVigilância de Serviços de Saúdeen_US
dc.subjectAgência Nacional de Vigilância Sanitáriaen_US
dc.subjectSistema de Vigilância em Saúdeen_US
dc.subjectSistema Único de Saúdeen_US
dc.subjectCooperação Técnicaen_US
dc.subjectAméricaen_US
dc.titleAvaliação do projeto de cooperação técnica nº 64. Fortalecimento das Ações de Vigilância Sanitária e do Sistema Único de Saúdeen_US
dc.typeTechnical reportsen_US
dc.rights.holderPan American Health Organizationen_US
dc.contributor.corporatenameOrganização Pan-Americana da Saúdeen_US
paho.isfeatured0en_US
paho.publisher.countryBrazilen_US
paho.publisher.cityBrasília, D.F.en_US
paho.source.centercodeUS1.1en_US
paho.contributor.departmentRepresentação da OPAS/OMS no Brasilen_US
paho.iswhotranslationNoen_US
paho.page122 pag.pt


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 IGO
This notice should be preserved along with the article's original URL.Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 IGO