Show simple item record

dc.contributor.authorMendes, Eugênio Vilaça (Ed.)
dc.contributor.otherBrasil, Conselho Nacional de Secretários de Saúdept_BR
dc.date.accessioned2018-06-14T21:10:58Z
dc.date.available2018-06-14T21:10:58Z
dc.date.issued2012
dc.identifier.citationOrganização Pan-Americana da Saúde. O cuidado das condições crônicas na atenção primária à saúde: o imperativo da consolidação da estratégia da saúde da família. Brasília, D.F.: OPAS; 2012pt_BR
dc.identifier.isbn978-85-7967-078-7
dc.identifier.urihttps://iris.paho.org/handle/10665.2/49107
dc.description.abstract[Apresentação] O SUS é um sistema que se organiza de forma fragmentada e que responde às demandas sociais com ações reativas, episódicas e voltadas, prioritariamente, para as condições agudas e para as agudizações das condições crônicas. Isso não deu certo nos países desenvolvidos, isso não está dando certo no Brasil. A solução para essa crise está em acelerar a transição do sistema de atenção à saúde por meio de reformas profundas que implantem as redes de atenção à saúde, coordenadas pela atenção primária à saúde. Uma atenção primária à saúde, na perspectiva das redes de atenção à saúde, deve cumprir três funções essenciais que lhe imprimem a característica de uma estratégia de ordenação dos sistemas de atenção à saúde: a função resolutiva de atender a 85% dos problemas mais comuns de saúde; a função ordenadora de coordenar os fluxos e contrafluxos de pessoas, produtos e informações nas redes; e a função de responsabilização pela saúde da população usuária que está adscrita, nas redes de atenção à saúde, às equipes de cuidados primários. Só será possível organizar o SUS em redes de atenção à saúde se a atenção primária à saúde estiver capacitada a desempenhar adequadamente essas três funções. Só, assim, ela poderá coordenar as redes de atenção à saúde e constituir a estratégia de reordenamento do SUS. Este livro parte desse suposto e está estruturado de modo a levar o leitor a compreender essa crise, a entender a proposta de redes de atenção à saúde, mas se destina, fundamentalmente, a examinar a questão da atenção primária à saúde no SUS. Busca alicerçar suas ideias em evidências científicas produzidas no exterior e no Brasil e provindas de uma ampla revisão bibliográfica.pt_BR
dc.language.isoptpt_BR
dc.publisherOPASpt_BR
dc.subjectAtenção à Saúdept_BR
dc.subjectSistema Único de Saúdept_BR
dc.subjectAtenção Primária à Saúdept_BR
dc.subjectEstratégia Saúde da Famíliapt_BR
dc.subjectBrasilpt_BR
dc.subjectSistemas de Saúdept_BR
dc.titleO cuidado das condições crônicas na atenção primária à saúde: o imperativo da consolidação da estratégia da saúde da famíliapt_BR
dc.typePublicationsen_US
dc.rights.holderPan American Health Organizationen_US
dc.contributor.corporatenameOrganização Pan-Americana da Saúdept_BR
paho.isfeatured0en_US
paho.publisher.countryBrazilen_US
paho.publisher.cityBrasília, D.F.pt_BR
paho.source.centercodeUS1.1en_US


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record